Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Food InnovationEmpresas & Negócios UncategorizedStarbucks diminui projeções de crescimento para 2020

Starbucks diminui projeções de crescimento para 2020

  • Written by:

A Starbucks divulgou uma previsão mais fraca do que o esperado para seus ganhos fiscais em 2020.

As ações da empresa caíram mais de 3% nas negociações de pré-mercado. As ações da rede de cafeterias, avaliadas em US$ 116 bilhões, aumentaram 50% até agora este ano.

A Starbucks disse que espera que os ganhos por ação no ano fiscal de 2020 estejam abaixo do seu “modelo de crescimento contínuo de 10%”.

A empresa divulgou as perspectivas durante uma apresentação do CFO Pat Grismer na Global Retailing Conference do Goldman Sachs.

Grismer disse que os benefícios fiscais realizados no ano fiscal de 2019 serão um fator que irá atrapalhar a geração de um crescimento significativo dos lucros em 2020. Ele também disse que a Starbucks decidiu comprar cerca de US$ 2 bilhões em ações em 2019, ao invés de 2020.

“Mas, novamente, quero reforçar que nossa agenda de crescimento em escala está cumprindo nossas expectativas”, disse Grismer. “Eu diria que estamos disparando em todos os cilindros de uma perspectiva de desempenho operacional, com o foco e a disciplina necessários para impulsionar o crescimento em escala para uma empresa como a Starbucks e nosso modelo de crescimento de EPS de dois dígitos a longo prazo está totalmente intacto”.

Depois que a empresa esmagou as estimativas de lucro do terceiro trimestre e elevou sua perspectiva para 2019 em julho, alguns investidores podem se surpreender com a perspectiva mais fraca para 2020. A Starbucks havia dito anteriormente, em dezembro, que esperava um crescimento de ganhos por ação de pelo menos 13 % em 2020.

“Embora realizar ajustes de EPS como este possa suscitar dúvidas entre os investidores, sou encorajado que as principais metas de negócios operacionais (crescimento de receita de 7% a 9%, receita operacional de 8% a 10%) estão intactas e ainda existem vários caminhos para garantir pelo menos um crescimento de EPS de um dígito alto no EF20”, disse o analista da Morningstar, RJ Hottovy.

A Starbucks também reiterou suas diretrizes para o ano fiscal de 2019, esperando lucro por ação entre US$ 2,80 e US$ 2,82.

Apesar das preocupações do mercado com uma recessão em futuro próximo, o CEO Kevin Johnson disse que a Starbucks não viu sinais de desaceleração econômica nos EUA.

 

 

 

Fonte: mercadoeconsumo 06.09.19

Comments are closed.